Brasil preside diretoria do banco dos BRICS | Conversa Afiada

Brasil preside diretoria do banco dos BRICS | Conversa Afiada.

Anúncios

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) terá novo conceito

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) terá novo conceito.

Alexandre Padilha (Ministro da Saúde) estará em Itanhaém/SP


Nesse domingo, 18 de Dezembro a partir das 11 horas, o Ministro da Saúde Alexandre Padilha estará em Itanhaém na inauguração da Central de Regulação do SAMU-192 – Regional Litoral Sul. O evento marcará um novo momento do 192, que terá sua Central Informatizada e com gravações dos atendimentos, sendo assim os responsáveis pelos trotes que sempre existiram poderão ser punidos. Além, é claro de outras situações que exijam brevidade. O Samu regional Litoral Sul, com sua central em Itanhaém, na verdade compreende os seguintes municípios: Itariri, Pedro de Toledo, Peruibe, Itanhaém, Mongaguá e Praia Grande, esses municípios possuem bases locais, o que agiliza as ocorrências, mas o fator demanda e número de viaturas ainda é um impedimento na excelência do serviço. Que o nosso Ministro seja recebido da melhor maneira possível, pessoa ímpar e preocupada com questões não somente da saúde como também na gestão pública com qualidade.

Governo federal investe em saúde pública

Sexta-feira , 05 de Agosto de 2011


Quando o morador denuncia algum problema na rede de saúde, a Municipalidade, geralmente, defende-se alegando insuficiência de recursos financeiros para garantir o funcionamento adequado das unidades. Para “blindar” o governo estadual, direciona as críticas ao governo federal. A União, no entanto, informa, através do Portal da Transparência, que, transferiu ao Município de Itanhaém, no período de janeiro a maio deste ano, aproximadamente R$ 4,8 milhões para o atendimento básico, média e alta complexidade, Programa Saúde da Família, Farmácia Popular, SAMU, entre outras ações.
Ao invés de se defender com “inverdades”, vale buscar um modelo mais competente para gerenciar o dinheiro público. Uma coisa é dizer que o Município não tem condições para custear procedimentos de média e alta complexidade, por exemplo, outra é não disponibilizar equipamentos básicos como um simples medidor de pressão arterial. Recentemente, quando a Prefeitura de Praia Grande anunciou que só manteria os leitos hospitalares para atender moradores da cidade, o governo estadual disse que “não trabalha com a faca no pescoço”. É assim que o Estado responde a uma situação crítica? Quem está entre a vida e a morte, necessitando de internação urgente, pode esperar a boa vontade do governo estadual em resolver o problema e auxiliar o município? Dá pra tratar com “luva de pelica” o governo apenas por fazer parte da mesma legenda partidária? Não, não dá.
Governante comprometido com as necessidades da população tem que agir com determinação e firmeza, preocupar -se mais com as demandas da cidade e não tanto com os interesses políticos e eleitorais. Saúde pública custa caro. Mas a vida não tem preço.

Escrito por Professora Regina às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]

Pedagiômetro segundo a segundo no site

http://pedagiometro.com.br/banner

Fonte:www.pedagiometro.com.br

Bem vindo ao futuro – World Communicate

Estamos em Pré-estréia da evolução em Tecnologia da Informação.

A World Communicate traz ao Brasil o que há de mais inovador na tecnologia de voz e dados, o custo-benefício é surpreendente e ainda os clientes podem ser parceiros do melhor negócio do mundo.

Em julho, em São Paulo,Capital, no WTC – World Trade Center – estaremos no Lançamento Mundial. Faça parte!

02-02-10_1329logo_vett

http://silvioevanni.worldcommunicate.com

Carta divulgada aos colaboradores do GPA

Reproduzo aqui a carta aos colaboradores do GPA por um dos empresários que tenho muita estima nesse país.

01.11.2010 – Eleições 2010: Dilma Presidente

Carta divulgada aos colaboradores do GPA

Mensagem enviada aos nossos 400 colaboradores que todas as segundas feiras pela manhã participam das reuniões plenárias realizadas no auditório do Grupo Pão de Açúcar e distribuído via Comunicado Interno aos colaboradores de lojas e centros de distribuição.

São Paulo, 1 de novembro de 2010.

Prezado Colaborador (a),

Ontem o Brasil foi às urnas e Dilma Rousseff foi eleita Presidente da República. Assim como fiz há oito anos, na primeira eleição de Lula, quando vim a público e declarei meu voto para José Serra, venho agora dizer que confiei o meu voto à Dilma Roussef. Estou feliz com a sua vitória e espero que o Brasil e os brasileiros tenham com ela um grande governo, com a continuidade do desenvolvimento sustentável.

Nos anos 80 – para mim, minha década perdida – quando fui membro do Conselho Monetário Nacional, o que eu mais almejava para o meu País era democracia, crescimento, geração de empregos e maior distribuição de renda. Demorei muito para ver isto acontecer. Na verdade, isso só ocorreu no governo do Presidente Lula.

Lula mudou completamente este País e mudou para melhor. Nesses oito anos assistimos à redução da fome e da miséria, à ascensão das classes sociais mais baixas e ao aumento da classe média. Hoje, temos orgulho, somos respeitados no exterior e Lula entra para a história como o estadista responsável por tudo isso.

É claro que ocorreram erros e que não devemos esconder que algumas coisas poderiam ter sido diferentes. Mas olhemos para o índice de aprovação do seu governo: 80% dos brasileiros apóiam o Presidente. Tenho certeza de que a vida dessas pessoas melhorou. Lula deixa um legado de crescimento e de melhoria da condição de vida dos brasileiros que dificilmente será esquecido.

Não tenho dúvida de que Dilma representa a continuidade de tudo aquilo que foi feito de bom. Tenho a convicção de que ela e sua equipe de governo têm a mais firme intenção de corrigir os erros e ampliar as ações positivas. Espero firmemente que Dilma cumpra seus compromissos de campanha, reiterados na noite de ontem, em seu primeiro pronunciamento oficial.

Entre eles, espero que faça o tão necessário ajuste fiscal, que reveja os gastos públicos e reestruture a máquina governamental em busca de maior eficiência a custos mais baixos. Que combata o nepotismo e os favorecimentos indevidos. E que se aproveite de uma composição mais favorável do Congresso Nacional para aprovar as reformas constitucionais que o Brasil tanto precisa.

Peço a Deus e a todos os brasileiros que ajudem nessa tarefa. Os desafios são enormes. Talvez, neste momento, o cenário externo não seja tão favorável como o encontrado por Lula. Dilma, porém, tem plena condição de administrar e superar as dificuldades para o Brasil continuar a crescer.

Desejo muito sucesso a Dilma. Que Deus a proteja, lhe dê saúde e ilumine seu caminho. De minha parte, continuarei trabalhando firme para ajudar na tarefa de construir um Brasil melhor, mais humano e solidário. Continuarei fazendo aquilo que acredito ser a maior contribuição de um empresário comprometido com o seu País e com o social: crescer sustentavelmente, gerar empregos e contribuir com o aumento e distribuição de renda.

Hoje somos 145 mil. Vamos continuar a crescer, aplicando os valores que sempre guiaram o Grupo: humildade, disciplina, determinação e garra. Conto com vocês para construirmos um País cada vez melhor.

Abilio Diniz

Fonte: http://abiliodiniz.uol.com.br

Caos no transporte público, na saúde, na educação…

Dormimos e acordamos vendo as situações de desgoverno em setores de fundamental importância a todos nós. Hoje eu iria a São Paulo, mas não vou, mesmo eu pensando em ir de carro, achei prudente não fazê-lo, uma vez que as ruas estão complicadas, porque, quando setores do transporte público metropolitano entram em greve, buscando melhorias no trato com os funcionários de transporte e passageiros, a população lota as ruas e marginais. Vamos esperar acalmar… Mas aqui na baixada santista estamos na eminência de uma greve também no setor de transportes, talvez ainda nos próximos dias. Na saúde a baixada santista tem o maior índice de tuberculose do estado de São Paulo, alarmante, podemos dizer que sim. Isso decorrente das moradias precárias e situação social de munícipes. Ainda, faltam médicos e profissionais da saúde, por conta de salários que estão aquém do esperado às categorias e ou estruturas e suportes de trabalho.
Na educação estão faltando professores, pela questão salarial e a falta de atenção e desvalorização da categoria.
Envolvendo questões de políticas públicas ou digo a falta de gestão. Os equívocos no trato com esses assuntos pelo governo do estado de São Paulo.

Recomeça o debate sobre a horizontalização de Itanhaém

Reproduzo do blog do meu amigo André Barbosa

Amigos, vejam a opinião do jornalista André Caldas, do Jornal Fatos de Itanhaém, sobre a verticalização (construção de prédios gigantescos). Separo dois trechos do artigo e os comento em seguida:

‎1. É um debate antigo, que já provocou discussões acaloradas e gerou um arremedo de lei que afastou daqui, há doze anos, muitos investidores

Considerar a lei “um arremedo” significa que ele não gosta muito dela, pois afastou “investidores”, vulgo especuladores imobiliários, todos eles anunciantes de jornais. Mas os turistas continuam descendo a serra em cada final de semana atrás da bela paisagem, livre de prédios, que libera o olhar para o horizonte, permite a circulação de ventos , entre outros muitos serviços, e torna as ruas da cidade tão agradáveis.

Enquanto isso os pobres da cidade, que tem um déficit habitacional absurdo, continuam a ser alijados às regiões mais interiores do território por meio da construção de moradias populares, vinculados ao Programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal. E estas moradias são erguidas, grande parte, em áreas de risco de enchentes, como nas bordas do Rio Branco. Construir lá para depois acontecer o que está acontecendo ultimamente no Jardim Belas Artes e no Grandesp.

2. Quem tem medo do debate certamente vai preferir que a situação fique no patamar atual, onde o máximo permitido é [sic] onze pavimentos. Quem prefere abrir a Cidade ao desenvolvimento equilibrado vai preferir que o assunto seja levado à discussão o quanto antes

Agora por ser contra a verticalização de Itanhaém e me posicionar desta forma, significa que tenho medo do debate e não quero o desenvolvimento equilibrado da cidade? Até porque poder político eu não tenho, mas argumentos contra, que atestam os prejuízos de erguer prédios em zonas costeiras, tenho de sobra…

Sem contar o seguinte: eu poderia dizer, então, que quem é a favor da verticalização tem medo de outros pontos de vista. Mas isto seria desqualificar a opinião das pessoas, não?

Apenas mais um comentário: será muito bom quando conseguirmos utilizar os conceitos “horizontal” e “vertical” para analisar questões mais profundas, como a concentração de poder político, poder econômico, o déficit imobiliário, as oportunidades para as juventudes da cidade, a qualidade da educação acessada pelas crianças nas escolas públicas e particulares, enfim…

Claro, estes conceitos cabem, obviamente, na questão da verticalização, que para mim tem de ser tratada como horizontalização.

Fonte:
http://anticorpodegaia.wordpress.com

Pesquisa do IPAT revela que os 10 km movimentaram R$ 1 milhão na economia

Sábado, 28 de maio de 2011 – 22h51

Turismo

Pesquisa do IPAT revela que os 10 km movimentaram R$ 1 milhão na economia

Da Redação

O dia 15 de maio foi milionário para Santos. Uma pesquisa encomendada pelo Santos e Região Convention & Visitors Bureau ao Instituto de Pesquisas A Tribuna (IPAT) revelou que os 10 KM Tribuna FM-Unilus, realizados naquela data, movimentaram cerca de R$ 1 milhão na economia local.

A pesquisa foi o pontapé inicial de outras, envolvendo os grandes eventos da Cidade e região. O objetivo é traçar o impacto econômico gerado por esses eventos. “Não basta dizer que o Turismo é importante. A economia turística tem de estar lastreada em números”, disse o presidente do Bureau, Luiz Dias Guimarães.

O público alvo da pesquisa foi o contingente dos 3.535 participantes da prova de fora da Baixada Santista. Desses, foram feitas 983 entrevistas, onde se perguntava, por exemplo, quantos dias o participante pretendia ficar em Santos, o local de hospedagem e estimativa de gastos em alimentação e no comércio em geral.

“As entrevistas foram realizadas em Santos e em São Paulo, durante a distribuição dos kits da prova, poucos dias antes. Assim, as pessoas já teriam certeza de onde iriam ficar e uma estimativa de gastos”, explicou o coordenador do Ipat, Alcindo Gonçalves.

A partir das entrevistas, os dados foram tabulados por projeção.

Leia a matéria completa na edição deste domingo, em A Tribuna.

http://www.atdigital.com.br

Professores grevistas vaiam Alckmin durante reinauguração de plataforma de pesca

Sexta-feira, 27 de maio de 2011 – 15h03

Mongaguá

Professores grevistas vaiam Alckmin durante reinauguração de plataforma de pesca

Agência Estado

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), foi vaiado durante a manhã por um grupo de professores e funcionários do Centro Paula Souza, mantenedor das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e das Faculdades de Tecnologia (Fatecs), que compareceram à reinauguração da plataforma de pesca de Mongaguá. As instituições estão em greve desde o último dia 13, um dia após o governo ter anunciado reajuste de 11% para professores e funcionários.

Com cartazes que citavam os baixos salários e o vale-refeição de R$ 4, os manifestantes gritavam “au au au aumento de um real” e “robalo”, durante discurso do governador, que citava a pescaria. Uma manifestante constrangeu o governador e outras autoridades presentes ao evento quando, segurando uma rosa para entregar a Alckmin, subiu ao palco, pegou o microfone e rapidamente reivindicou um aumento maior para os professores.

“Estamos há seis anos sem reajuste e eles ofereceram 11%, o que não cobre nem a inflação de dois anos”, disse o coordenador do curso de Eletrotécnica da Etec Aristóteles Ferreira, de Santos, Osmar Quintas Valentim.

O governador disse que “hoje apenas 10% dos professores e funcionários estão em greve, mas temos certeza que em breve tudo estará resolvido”. Após inaugurar a plataforma de pesca de Mongaguá, Alckmin seguiu para São Vicente, para entregar as chaves de 158 moradias de dois empreendimentos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), no Jardim Samaritá.

Em Julho, lançamento nacional (Brasil)

http://woridoivlis.worldcommunicate.com/reworlder.php

Welcome! Wor(l)d Communicate

Singapore, 25/05/2011

Olá Silvio Evanni,

finalmente podemos lhe dizer:

estamos realmente felizes do que estamos construindo

A energia que sentimos da parte de todos vocês que nos estão dando a vossa confiança é indescritível.

Esperamos que vocês possam senti-la tão forte como ela chega até nós. Este é o momento mais bonito e emocionante:
estamos iniciando esta nova aventura que nos aproxima pouco a pouco à estreia no mercado.

Os tempos estão maduros para dizer a todos que nasceu wor(l)d.

E, sobretudo, para convidá-los a entrar a fazer parte da nossa empresa. Estamos entrando na fase em que as sementes da paixão começaram a dar os seus primeiros rebentos e, pouco a pouco, veremos crescer juntos uma árvore, que dará os seus frutos a todos nós e continuará a fazê-lo por muitos anos.

Porque wor(l)d não quer ser uma promessa incondicional, mas uma árvore sólida, com raízes bem plantadas no terreno do nosso maravilhoso planeta.

Um agradecimento pessoal a todos vocês que estão lançando e construindo estas raízes e esta força, dia após dia, partilhando objetivos e estratégias mas, sobretudo os valores de wor(l)d.

Até breve e bom trabalho a todos,

Fabio Galdi

WIP Staff

contacts
Global Mobile Network Pte. Ltd.
21 Bukit Batok Crescent #03
7 Wcega Tower
Singapore 658065
www.woridoivlis.worldcommunicate.com

AVISO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO – Prefeitura de Itanhaém/SP

AVISO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO
TOMADA DE PREÇOS N° 07/2011 – PROCESSO
N°2646/2011.
OBJETO: SERVIÇO DE URBANIZAÇÃO DA PRAÇA NOSSA
SENHORA DO SION – VILA SUARÃO.
Informamos que a Licitação, na modalidade de Tomada de
Preços n°07/2011, foi homologada e adjudicada pela Secretária
de Obras e Desenvolvimento urbano, no dia 02/05/2011, em
favor da empresa COMANDAÍ ENGENHARIA E COMÉRCIO LTDA,
no valor de R$ 509.504,61
Itanhaém-SP., 16 de maio de 2011.
Luiz Fernando N.Barbosa – Diretor Depto. Suprimentos

AVISO DE VENCEDOR DA LICITAÇÃO – Prefeitura de Itanhaém/SP

AVISO DE VENCEDOR DA LICITAÇÃO
CONCORENCIA PÚBLICA Nº 01/2011-PROCESSO Nº
554/2011
OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA
PARA OS SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DE QUADRAS ESPORTIVAS
E AMPLIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES EM UNIDADE ESCOLAR
– EM.ELGA REIS
A Comissão Julgadora decidiu por unanimidade, declarar
vencedora a empresa COMANDAÍ ENGENHARIA E COMÉRCIO
LTDA, que atendeu todas as exigências do Edital, oferecendo
menor proposta no valor global de R$ 1.422.264,47
Itanhaém-SP., 13 Maio de 2011.
Cássio Luiz Muniz – Presidente da CPL

AVISO DE VENCEDOR DA LICITAÇÃO – Prefeitura de Itanhaém/SP

PREFEITURA MUNICIPAL
DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE ITANHAÉM
AVISO DE VENCEDOR DA LICITAÇÃO
CONCORENCIA PÚBLICA Nº 02/2011-PROCESSO Nº
1339/2011
OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA
PARA OS SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DA PRAÇA DE ESPORTES
PREFEITO AURÉLIO FERRARA NO BAIRRO DO BAIXIO
A Comissão Julgadora decidiu por unanimidade, declarar
vencedora a empresa TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO
CIVIL E ESCAVAÇÕES, que atendeu todas as exigências do Edital,
oferecendo menor proposta no valor global de R$ 3.649.949,63.
Itanhaém-SP., 13 Maio de 2011.
Cássio Luiz Muniz – Presidente da CPL

Câmara aprova cinco requerimentos apresentados pela vereadora Professora Regina

Blog Vereadora Professora Regina…‏

Quinta-feira , 19 de Maio de 2011
12:40

Vereadora Prof. Regina (Em Sessão na Câmara)

Cinco requerimentos apresentados pela vereadora Professora Regina Célia de Oliveira (PT) foram aprovados pela Câmara Municipal de Itanhaém na segunda-feira (16). Apenas o Projeto de Lei 21/11, incluído na pauta, em cima da hora, teve a votação adiada por duas sessões, a pedido da própria autora da proposta.

A vereadora Professora Regina solicita ao prefeito João Carlos Forssell e ao Hospital Regional de Itanhaém esclarecimentos sobre a morte do jovem Leandro dos Santos Pontes. O primeiro atendimento de Leandro, segundo relato de familiares, ocorreu no dia 17 de abril, no Pronto Socorro de Itanhaém. “Depois de idas e voltas, ele foi internado, sem que um diagnóstico preciso tivesse sido apresentado. Havia suspeita de dengue e hepatite. Ele chegou a ser amarrado na maca, quando sofreu convulsões. Apesar da gravidade da situaç ão, ele só foi transferido ao Hospital Regional de Itanhaém, uma hora antes de morrer. O atestado de óbito informa que a causa da morte foi insuficiência renal aguda, síndrome febril ictero-hemorrágica aguda. Indignada com o atendimento e com a falta de agilidade para se conseguir uma internação emergencial, a família pede que todos os procedimentos sejam investigados”, relata a vereadora Professora Regina.

Transporte universitário – Aprovado o Requerimento 253/11 que enfoca o transporte universitário. A vereadora disse que continua recebendo reclamações sobre o constrangimento imposto a estudantes que atrasam o pagamento da mensalidade. A Polícia Militar teria, inclusive, sido acionada para que os alunos fossem retirados dos ônibus. “Por isso, apresentei requerimento destinado ao prefeito João Carlos Forssell e à Litoral Sul, responsável pela prestação de serviços, pedindo esclarecimentos sobre os fatos e providências para sanar os problemas”. Cabe ressaltar que, em resposta ao Requerimento 82/11, a Litoral Sul afirmou que analisaria o pedido de alteração da data de vencimento da mensalidade do transporte universitário para o dia 10 de cada mês.

A vereadora Professora critica a morosidade na resolução deste problema. “Esta questão já deveria ter sido resolvida há muito tempo pelas partes interessadas – Prefeitura e Litoral Sul. O que não pode continuar acontecendo são ações truculentas e constrangedoras, com estudantes sendo humilhados e tratados como bandidos. Além disso, a função da Polícia Militar não é retirar alunos de ônibus escolares”.

Pavimentação – Através do Requerimento 250/11, a vereadora Professora Regina solicita ao prefeito João Carlos Forssell informações sobre as providências tomadas para resolver os problemas existentes na execução do Plano Comunitário de Melhoramentos (PCM-55), tais como a data do recebimento das obras, qual profissional realizou a vistoria de recebimento do serviço e se foram cobradas da empresa que executou o serviço, a correção de irregularidades.

“Faço tal requerimento, pois conforme constou no Ofício GP 387/2011, assinado pelo prefeito, em resposta ao Requerimento 62/2011, ele que a SABESP realizou obras na rede de esgoto, ocasionando as possíveis irregularidades. No entanto, o prefeito está equivocado, uma vez que a região atendida pelo PCM-55, do Jardim Suarão até o Balneário Marrocos, lado morro, ficou fora do Projeto Onda Limpa, portanto é impossível ser a SABESP, a responsável por tais irregularidades. Além disso, considero um desrespeito à Câmara M unicipal, o prefeito encaminhar uma resposta com conteúdo não verdadeiro. Em todo o PCM-55, há várias irregularidades constatadas a “olho nu”, porém, até a presente data não foi tomada nenhuma providência pela Administração Municipal para solucionar o problema”, explica.

Guarda Municipal – No Requerimento 254/11, a vereadora Professora Regina questiona a Prefeitura se há previsão para substituição do fardamento completo dos guardas municipais e dos agentes de trânsito, que estão desgastados pelo tempo de uso, aquisição de equipamentos de segurança para e aumento da frota da GM. A corporação realiza um valoroso trabalho na Cidade e, portanto, necessita de mais atenção e investimentos em remuneração, equipamentos, farda, v iatura e treinamento. Não faz segurança pública, se os recursos humanos não tem o aparato necessário para desempenhar as funções efetivamente. “Além disso, é uma vergonha para a Cidade, apresentar guardas municipais e agentes de trânsito com fardamento velho”.

Teatro ou auditório – A vereadora Professora Regina pede à Prefeitura informações sobre a construção de teatro municipal. “Esta obra vem sendo bastante alardeada pelo prefeito Forssell em vários eventos oficiais. Pedi informações sobre o valor do investimento e o prazo de execução. Minha dúvida é se o projeto é na verdade o auditório da Secretaria de Educação, objeto da concorrência pública 06/2010, e que está sendo citado como um teatro municipal. São dois tipos de obras bem diferentes”, explica.

http://prof.regina.blog.uol.com.br/

Vereadora Professora Regina avalia positivamente a 14ª Marcha a Brasília

Sábado , 14 de Maio de 2011
Reproduzo do Blog da Vereadora Regina/PT – Itanhaém-SP

De volta a Itanhaém, a vereadora Regina Célia de Oliveira (PT), de Itanhaém, avaliou positivamente a 14ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, encontro que reuniu quatro mil prefeitos, de 10 a 12 de maio. “A mobilização dos prefeitos aumenta ano a ano. Isto é importante para fortalecer as reivindicações ao governo federal para equacionar problemas comuns enfrentados pela maioria das cidades. Além disso, o evento possibilita o intercâmbio de informações e o contato com diversos órgãos federais. Há uma série de programas e ações que podem ser bem aproveitados pelas prefeituras”.

A vereadora Regina considera que houve avanço em relação aos principais itens da pauta. A presidente Dilma Rousseff garantiu a liberação de Restos a Pagar, sendo que a primeira parcela de R$ 520 milhões será paga de imediato às prefeituras e o restante – R$ 230 milhões – será depositado até o dia 6 de junho. A presidente Dilma também garantiu que será considerada a participação dos municípios na elaboração de proposta para aprimorar a distribuição de royalties do pré-sal. O governo federal deve apoiar a regulamentação da Emenda Constitucional 29, que propõe critérios para a distribuição de recursos para a Saúde. Outro ponto positivo é a discussão de medidas para desburocratizar a tramitação de projetos junto à Caixa Econômica Federal, tornando, mais ágil, a liberação de recursos aos municípios. O volume de recursos do PAC 2 deverá aumentar para R$ 121 bilhões ( o valor global do primeiro PAC foi de R$ 59 bilhões).

Ao pontuar os compromissos assumidos pelo governo federal na área social, Regina destaca a garantia de recursos não apenas para a construção, mas também o custeio de novas creches e escolas, até a liberação de recursos do FUNDEB às prefeituras; a reforma e ampliação de unidades de saúde, visto que a maioria está fora do padrão de qualidade da Agência Nacional de Saúde (ANVISA); aumento de repasses para o programa Estratégia da Família; instalação de “academias de saúde”, objetivando combater a obesidade, através da prática de atividades físicas; melhoria da assistência às gestantes, através do programa Rede Cegonha; e combate ao crack.

Venezuela vai adotar Minha Casa, Minha Vida como referência

Presidentes articulam construção e financiamento de 2 milhões de casas na Venezuela (©Foto: Arquivo/ Divulgação)

Por: Renata Giraldi
Publicado em 10/05/2011, 16:01

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, articulam a construção e financiamento de 2 milhões de casas em cidades venezuelanas, no período de sete anos. O assunto será tema da reunião que ambos terão, no final de junho, em Brasília.

O acordo faz parte de uma parceria com a Caixa Econômica Federal (Caixa) e baseia-se no programa brasileiro Minha Casa, Minha Vida – destinado à construção e compra de moradias para as famílias cuja renda é de até R$ 1.395.

Os ministros das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, e da Venezuela, Nicolás Maduro, conversaram sobre alguns detalhes do programa habitacional que será executado nas cidades venezuelanas. Segundo Maduro, o programa será firmado entre a Caixa e a correspondente venezuelana.

Maduro e Patriota também conversaram sobre as parcerias que serão ampliadas nas áreas de desenvolvimento agrícola, transferência de tecnologia e ciência. Trataram também da necessidade de se intensificar as relações regionais englobando o Mercosul e a União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

O chanceler venezuelano não mencionou a demora do Congresso Nacional do Paraguai em aprovar o ingresso da Venezuela no Mercosul. Brasil, Argentina e Uruguai já aprovaram a participação dos venezuelanos como membros permanentes do Mercosul. Falta apenas a aprovação do Congresso Nacional do Paraguai, que não agendou a data de votação.

Até o começo da noite de ontem (9), estava marcada a visita para hoje de Chávez. Mas o presidente venezuelano cancelou a viagem ao Brasil, ao Equador e a Cuba alegando dores no joelho esquerdo. Neste momento, o governo venezuelano enfrenta dificuldades em lidar com um apagão que atingiu 15 dos 24 estados do país. Desde 2009, há problemas no abastecimento energético.

Fonte: Agência Brasil
Reprodução: Rede Brasil Atual

Participando da Marcha a Brasilia

Participando da Marcha a Brasilia

Até o dia 12 de maio, estarei, em Brasilia , representando a Câmara Municipal de Itanhaém, na 14ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios (10 a 12 de maio), O aumento do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM); a revisão dos prazos de cancelamento de restos a pagar de 2007, 2008 e 2009, estabelecidos pelo Decreto 7.468/11; regulamentação da Emenda 29, que estabelece percentuais mínimos de investimentos na área da saúde e a distribuição dos royalties do petróleo são os principais assuntos do encontro,que terá a participação da presidente Dilma Rousseff.

É uma oportunidade para estabelecer contatos com representantes do governo federal, deputados e senadores, objetivando viabilizar, no futuro, mais verbas para a Cidade. Além disso, o encontro propicia o intercâmbio de informações com prefeitos e vereadores de outros municípios e o conhecimento de serviços e negócios voltados à melhoria da gestão da cidade, especialmente nas áreas de transporte, saúde e educação.

Fonte: Do blog da Vereadora Regina/PT

%d blogueiros gostam disto: